Xiaomi Redmi com Snapdragon 855 será lançado com suporte ao Android Q beta

Após o Google fazer uma apresentação bastante extensa do Android 10 Q em sua
conferência de desenvolvedores. Agora a Xiaomi estará lançado o Xiaomi Redmi que tem o Snapdragon 855 na versão mais recente do Android Q beta.

Xiaomi Redmi com Snapdragon 855 será lançado com suporte ao Android Q beta

Como muitos perceberam instantaneamente, a versão beta em questão está disponível para 21 dispositivos – muito longe dos velhos tempos no período de exclusividade do Pixel e do Nexus por vários meses.

Tanto o Xiaomi Mi 9 quanto o Mi Mix 3 5G estão nesta primeira onda de dispositivos elegíveis Q Beta. E, se acreditarmos em Lu Weibing, o tão esperado flagship da Redmi será lançado. Isso significa que os mais ansiosos terão o beta da MIUI, baseado no Android Q, se assim o desejarem.

Xiaomi Redmi

Dito isto, no entanto, vale a pena notar que tanto o Mi 9 quanto o Mi Mix 3 5G no Android Q Beta vêm com uma lista bastante longa de problemas conhecidos. No entanto, a velocidade de adoção do Android ainda é impressionante. Estamos vendo claramente o Projeto Treble do Google finalmente valendo a pena com esse lançamento.

E a Xiaomi claramente não é a única a se beneficiar da implementação do novo design de SO modular em sua ROM customizada. Os dispositivos principais da Huawei e do Honor podem esperar que o Android Q EMUI seja construído pouco depois de o software ser finalizado nos próprios dispositivos Pixel do Google.

Xiaomi Redmi

Quanto ao carro-chefe da Redmi, tudo ainda é muito envolto em mistério. Até agora, os boatos como um Snapdragon 855, 8GB RAM, 128GB de armazenamento, um display FullHD+ de 6,39 polegadas, uma câmera principal de 48MP (provavelmente a mesma do Redmi Note 7 Pro ) e um módulo de selfie periscópio.

FONTEGSMARENA

Inscreva-se em nosso canal

Artigos Relacionados