Após o seu lançamento nos EUA, o Motorola RAZR passa por teste de flexibilidade. Apesar de ainda ser um aparelho novo, pelo visto ele não consegue cumprir sua promessa de inovação.

Nos últimos anos, os celulares dobráveis estão ganhando cada vez mais espaço e destaque em notícias – mesmo que de forma negativa. Dessa vez, a CNET divulgou um teste feito com o Motorola RAZR. Apesar de ser um smartphone novo, o aparelho acabou não durando muito.

Motorola RAZR passa por teste de flexibilidade: Confira o vídeo

Segundo a Motorola, o RAZR deveria aguentar até 120,000 aberturas do dispositivo. Contudo, o aparelho, como foi mostrado no vídeo, acabou tendo um número bem abaixo do esperado.

De acordo com o site, o smartphone da Motorola teria sido aberto cerca de 27 mil vezes. No teste, o aparelho acabou passando por toda a equipe de produção do podcast, além de uma maquina desenvolvida para forçar a flexilidade do dispositivo.

Embora não tenha sido um experimento que simulasse o uso normal de um consumidor, o smartphone acabou gerando muita polêmica ter sido deteriorado com facilidade.

O Motorola RAZR tem data de lançamento no Brasil, todavia, não sabemos se esse problema levará a um cancelamento. Até o momento, Motorola não se pronunciou sobre o vídeo. Nós restando esperar.

É importante ressaltar que essa não é a primeira vez que um dispositivo dobrável apresenta problemas logo após o lançamento. Hoje, o caso mais lembrado é o Fold. Na época, esse dispositivo apresentou diversos erros no design.

Assim como o Galaxy Fold, parece que o celular dobrável da Motorola terá um futuro bastante conturbado. Até o momento, não sabemos se o Motorola RAZR irá passar por mais teste de flexibilidade pela CNET. Pelo visto, o apresentador não parece ter mais interesse no dispositivo. Contudo, imaginamos que mais sites devam desmontar e fazer experimentos parecidos.

FONTECNET
Editor; Designer Gráfico; Social Media; Ilustrador 2D

Inscreva-se em nosso canal

Artigos Relacionados