Sendo uma das atrações e/ou atividades mais famosas em cassinos e até em bares (botecos) aqui no Brasil, as máquinas caça-níqueis tem uma grande história por trás de sua origem, seu funcionamento e sua distribuição no mercado.

No ano de 1895 foi produzida a primeira máquina caça níquel. O inventor que se dispôs a trabalhar nesta invenção e construir esse tipo de máquina foi Charles Fey. Charles trabalhou neste projeto até 1907 quando vendeu a sua primeira máquina para a empresa Mill Novelty, empresa essa que já foi uma das principais fabricantes de máquinas deste porte, como por exemplo as próprias máquinas caça-níqueis, vending machines e jukeboxes.

A primeira máquina de caça-níqueis foi chamada de “Mills Liberty Bell”. O design provavelmente causou um sentimento de impacto ou “underground” já que era apenas ferro com umas patas rabiscadas que davam um ar hostil. Depois desse período o design passou a ser mais agradável para dar uma boa impressão e sensação aos jogadores.

Muitas das empresas produtoras ou revendedoras de máquinas de caça níquel ainda continuam montando seus produtos com designs semelhantes aos das máquinas de 1907.

 Em sua maioria, nas máquinas caça-níqueis ultrapassadas haviam apenas 20 símbolos diferentes e apenas 3 cilindros. Com o passar dos anos, as máquinas ganharam mais do que 20 símbolos e mais do que três cilindros. As máquinas mais atuais possuem um software mais moderno capaz de armazenar dados na memória que mostram um número aleatório de símbolos e premiações extras. Desta forma aumentando a beleza visual e o desempenho.

O primeiro modelo da máquina ainda possuía os mesmos cilindros que temos hoje. Os cilindros, não tinham as barras, tinham apenas cartas de jogo. O Rei, a Dama e o Valete. Havia também um sino que tocava sempre que alguém ganhava em algum cilindro. Contudo, o sino desapareceu posteriormente. A maioria dos caça-níqueis apenas têm um sino que toca quando se atinge o jackpot (prêmio máximo), em vez de sempre que se ganha qualquer coisa. Uma boa escolha, pois, o som dos sinos pode acabar incomodando os apostadores

Durante o ano de 1910 as máquinas caça-níqueis foram feitas de acordo com o modelo da empresa Liberty Bell. Essa produção foi nomeada como “Operação Bell”, tendo a entrada das clássicas moedas com símbolos de frutas.

Anos depois, houve outra mudança nas máquinas caça-níqueis, para variar. E um pouco mais tarde houveram mais alterações na produção que, por ventura, tornaram as máquinas mais baratas para os casinos e tornaram elas mais fáceis de se manusear, focando mais na praticidade, assim como nos simples e clássicos bingos.

As máquinas mais antigas faziam muito barulho, era alto, desagradável e deselegante para se estar em um ambiente de classe como um casino. Também havia um jackpot duplo nestas novas máquinas. Mills decidiu ir além na criação de diferentes máquinas, querendo sempre se inovar e melhorar a qualidade de seus produtos, típico “se for fazer, faça direito”.

 Eles tinham diferentes máquinas com variados temas, e diversas cores que davam mais vida e estilo para as máquinas, deixando-as mais sofisticadas esteticamente. Em 1931 foram lançados os modelos de Cabeça de Leão, Águia de Guerra e a Cabeça de Romano e em 1933 foi lançado o “Castle Front”.

Bugsy Siegel, famoso gangster norte-americano aliado à Família Genovese, conhecidíssimo pelo seu envolvimento na história dos casinos, apresentou as primeiras máquinas caça níquel no hotel Flamingo Hilton nos anos 40. Muitos jogadores eram mulheres que esperavam que os grandes apostadores acabassem os jogos nas mesas, isso é bem representado em diversos filmes com cenas em casinos.

É bem legal assimilar tudo e descobrir que a criação de uma máquina de jogos tem envolvimento com a origem dos maiores estabelecimentos voltados a jogos de azar no mundo onde é jogado poker, bingos e apostas variadas, igualmente.

Criador do Eu Sou Android, compartilho conteúdo de qualidade. Gosto de ter personalidade própria. eu sou eu mesmo. Duvidas? Comente!

Inscreva-se em nosso canal

Artigos Relacionados